Bolachinhas de manteiga de amendoim e chocolate

dsc_0620dsc_0618

Olá não-doninhas! Hoje vamos partilhar uma variação da platina do mundo das bolachas, as míticas cookies.

Estas, munidas da magia da manteiga de amendoim, servem todo e qualquer propósito: alimentar as vossas almas mais prezadas, aquecer-vos o coração, curar a fadiga crónica do estudo, curar a peste bubónica(*), tudo.

A receita foi inventada, ou ligeiramente improvisada, numa ocasião inspirada, através de uma amálgama de receitas de bolachas com pepitas de chocolate normais e bolachas simples de manteiga de amendoim. Portanto, uma manta de retalhos cosida com os fios da improvisação e do zelo. Ideal para oferecer agora no Natal, ou em qualquer altura, porque todas as horas são horas de bolachinhas.

Ingredientes:

1/2 chávena de manteiga
1/2 chávena de manteiga de amendoim (a de pedaços fica especialmente boa aqui)
1/3 chávena de açúcar branco
1/3 chávena de açúcar amarelo
1 ovo grande (frio)
1, 1/2 chávena de farinha
3/4 de uma colher de chá de fermento
1 pitada de sal

1/2 ou 1 chávena (depende do apetite para chocolate) de pepitas de chocolate de leite ou uma tablete cortada grosseiramente

Misturem e batam bem a manteiga com os dois tipos de açúcar até ficar homogéneo.

Juntem de seguida a manteiga de amendoim e repitam o passo anterior até ficar homogéneo também.

Adicionem o ovo inteiro e mexam bem até este ficar completamente desfeito na massa.

Façam uma fusão da farinha com o fermento e a pitada de sal e juntem à mistura.

Adicionem as pepitas/chocolate partido à massa, tendo o cuidado de bater para as distribuir uniformemente e, por fim, disponham a massa com uma colher num tabuleiro forrado com papel vegetal. Se preferirem as bolachas menos fofas, achatem cada uma ligeiramente com a colher.

Levem a forno pré-aquecido a 180 graus até elas começarem a dourar (15-25 minutos, sendo o 15 umas bolachas com um bronzeado de quem foi à praia uma ou duas vezes em Maio e o 25 umas que já fizeram algum tempo de solário).

(*) Disclaimer: as Doninhas não se responsabilizam pelo sucesso desta receita, ou qualquer outra receita(**), na cura de quaisquer maleitas.

(**) Excepto canja de galinha para todas as constipações.

Doninha Leonor
Advertisements