Cogumelos Recheados com Espinafres

eta2eta1

Olá não-doninhas! Estamos de volta com uma receita bem fácil e que podem mais uma vez adaptar como entrada, prato principal e até sobremesa, para os mais audazes. Cogumelos recheados com espinafres, alho e uma cobertura de cebola caramelizada: garantimos barriguinhas satisfeitas.

Ingredientes:

  • Cogumelos frescos *
  • Espinafres
  • Queijo
  • Alho
  • Azeite
  • Especiarias (tomilho e pimenta)
  • Cebola
  • Açúcar
  • Manteiga

Procedimento:

Em primeiro ligar, devem retirar a perna dos cogumelos (arrancar de forma a que fique uma concha). Em seguida, picam as pernas dos cogumelos e refogam com espinafre, azeite, alho e especiarias a gosto (recomendo tomilho, pimenta e imaginação!).

Depois de bem refogado, coloquem o preparado dentro das cabecinhas do cogumelo. Cobrir com queijo, cebola caramelizada e levar ao forno.

Nota para quem nunca se aventurou na cebola caramelizada:

Cortar 2 cebolas em rodelas finas e colocar numa frigideira com um pouco de manteiga (também podem utilizar azeite ou óleo e devem colocar pouquinho, só mesmo para não queimar e colar).
Quando a cebola estiver a ficar dourada, juntar 1 ou 2 colheres de sopa de açúcar (branco ou amarelo) e deixar em lume brando mais um pouco. Se estiver pouco caramelizada, podem adicionar um pouco mais de açúcar no final.

* nesta receita utilizámos cogumelos brancos aka cogumelos de paris ou se quiserem mesmo arrasar: champignon de Paris e dizem isto enquanto penteiam o bigode (se tiverem um bigode). Bem, mas o que eu queria dizer é que podem utilizar outro tipo de cogumelos, como por exemplo portobello.

É tudo por hoje!

Doninha Teresa

Quiche de bacon, alho-francês, cogumelos e courgette

Olá não-doninhas! Hoje é dia de quiche e quiche é magia. Magia porque deve ser das coisas mais práticas e versáteis inventadas na cozinha. Podem facilmente impressionar qualquer um, levem para jantares com amigos ou na marmita, arrisco-me a dizer que é quase impossível falharem (nível totó). Se são daqueles que “não gostam” de quiche, o vosso problema é não terem provado a certa.

Escolham o tipo de massa, para o recheio podem usar natas (normais ou soja), leite, iogurte, fazer com ou sem legumes (mas este é um dos casos em que eles acrescentam mesmo algo), com bacon, alheira, queijo, etc!!! No fundo quiche é chegar a casa, abrir o frigorífico e fazer uma tarte salgada multifacetada. Para comer fria ou quente, entrada ou prato principal. Hoje deixo uma das combinações clássicas: bacon, alho francês, courgette e cogumelos!

Ingredientes:

  • Massa quebrada
  • Bacon em tiras/cubos
  • Alho-francês
  • Courgette
  • Cogumelos
  • 1 pacote de natas
  • 3 ovos
  • Sal
  • Pimenta
  • Leite (opcional)
  • Queijo ralado (opcional)

Comecem por saltear os legumes e o bacon. Preferencialmente o bacon primeiro e os legumes durante pouco tempo, para não perderem a textura crocante. Relativamente aos ingredientes do salteado não indico quantidades certas, devem colocar a gosto, evitem apenas exagerar na quantidade de bacon.

De seguida batem-se os ovos, juntam-se as natas até ficar uma mistura homogénea. Normalmente nesta fase junto um pouco de leite, dependendo da consistência pretendida, mas é opcional. Polvilha-se com o queijo ralado e tempera-se com um pouco de sal e pimenta.

Por último forramos uma forma de tarte com a massa, colocam-se os legumes salteados e adiciona-se a mistura de ovo, nata e leite.

Levem ao forno pré-aquecido a 200° por cerca 20/25 minutos. Até ficar dourado, et voilá!

Doninha Joana

Caril vegetariano (feat. brócolo)

dsc_06981

Olá, não-doninhas! Para continuar a fase de sanarmos a ideia de que este blog é só bolachas, apresentamos desta vez um caril vegetariano, Neste prato o brócolo, tão frequentemente desprezado e vítima de bullying culinário, é rei e brilha juntamente com a soja. Esta receita está sensivelmente no nível totó, mas parece exigir mais esforço do que realmente requer e, por isso, é perfeita para usarem às três pancadas e mostrarem aos vossos pais, ou amigos, que têm um cartório de receitas de adulto sério e responsável.

broccoli

Ingredientes

  • 1 cebola média
  • 1 pimento vermelho médio
  • 6-7 raminhos de brócolo
  • 1 chávena de soja granulada grossa
  • (quase) 1 chávena de leite de coco
  • (quase) 1 colher de chá de caril em pó
  • ½ colher de chá de gengibre em pó
  • ½ colher de chá de pimentão doce em pó
  • Sal q.b.
  • Pimenta q.b.
  • Azeite q.b.

 

Antes de começar, coloquem a soja granulada num recipiente com água morna durante cerca de 30 minutos (ou o tempo recomendado na embalagem) para esta ficar com a textura desejada.

Comecem por picar a cebola de forma muito fina e colocar numa sertã/wok com azeite suficiente e deixem alourar.

Quando a cebola estiver bonitinha e bronzeada o suficiente a vosso ver, juntem a soja ao estrugido e deixem cozinhar o suficiente até esta ganhar alguma cor.

Cortem os brócolos e o pimento em tiras finas (ou cubinhos. Ou estrelinhas. Ou pequenas Death Stars. Aqui tudo depende da vossa habilidade e criatividade). Juntem ao estrugido e deixem cozinhar, misturando bem. Temperem, neste passo, tudo com pimenta e sal a gosto.

Depois de deixarem os legumes e a soja cozinharem um pouco, juntem o leite de coco e misturem bem.

Adicionem o caril, gengibre e pimentão doce. É ideal aqui provar novamente para fazer ajustes à pimenta e ao sal, se necessário.

Deixem cozinhar até os legumes amaciarem e a soja absorver um pouco o sabor do caril.

Et voilá, caril vegetariano feito às três pancadas e com o brócolo como cabeça de cartaz.

Doninha Leonor

Beringela com Mel e Limão

img_2930

img_2934

Olá não-doninhas! Para quem acha que nós somos só bolachas, é mentira! Mais uma vez mantemos o nível totó, trazendo uma receita muito simples e rápida, passível de ser usada como entrada ou acompanhamento.

Ingredientes:

  • Beringela
  • Mel
  • Limão
  • Azeite
  • Especiarias (sal, alho em pó, pimenta e piri-piri em pó)

Procedimento:

Cortar a beringela em rodelas (com uma altura entre meio e um centímetro) e dispor num tabuleiro forrado com folha de alumínio, sem sobrepor as fatias.

Pincelar todas as fatias com azeite e temperar com sal, pimenta e alho em pó. Virar as fatias ao contrário e repetir o procedimento.

Levar ao forno médio durante 20 a 30 minutos ou até as fatias estarem douradas. Devem virar as fatias no forno e repetir o procedimento, de forma a ficarem douradas de ambos os lados.

Em seguida, devem retirar a beringela do forno e dispor as fatias numa travessa, em camadas. Entre cada camada devem colocar algumas gotas de mel sobre cada fatia, um pouco de sumo de limão e piri-piri a gosto (aqui podem ser criativos e usar as vossas ervinhas favoritas).

Se quiserem que esta receita fique ainda mais divinal, preparem tudo cerca de uma ou duas horas antes de servirem, de forma a que os sabores fiquem mais apurados.

Doninha Teresa, roubando sabedoria à Doninha Sofia.